sábado, 17 de janeiro de 2015

Nelson Paciência

A Vera declama Fernando Pessoa, na primeira parte do desenho CRU.





Segunda parte da sessão do primeiro DESENHO CRU de 2015. Desenho de modelo masculino, com Nuno Moniz. Uma sequência de poses, tapando e destapando o corpo nu com um lençol preto, a remeter para um universo muçulmano, no género feminino. Fez-me lembrar uma Burka...


Três dias depois de fazer o desenho, um dia depois do Charlie, o Nelson escrevia: " Na realidade, agora que olho novamente para o desenho, acho que a nudez representa a nossa vulnerabilidade perante os outros e o rosto tapado representa a vergonha que nós, enquanto humanidade responsável, sentimos perante tamanho disparate. Acredito que mesmo assim, o poder da liberdade de expressão, e também do desenho, são mais fortes que tiros de metralhadora..."



Mais deste Cru no blog do Nelson Paciência
Enviar um comentário