terça-feira, 26 de maio de 2015

O Cru na Casa- Museu Dr. Anastácio Gonçalves



O Serviço Educativo da CMAG, convidou o grupo do Desenho Cru para desenhar no Atelier Malhoa.
O Homem-estátua não esteve lá, mas ainda bem porque havia coisas mais interessantes para rabiscar.


O Pedro Cabral não resistiu ao esquentador do Dr. Anastácio Gonçalves.





A Lisete Fernandes optou pelo cravo, antecessor do piano que caiu em desuso no final do séc. XVIII e pelo preguiçeiro em pau santo e veludo.





A Jeanne Waltz começou pelos jacarandás no exterior da casa e acabou no interior com o Silva Porto.




A  Sara, que sou eu, entreteve-se com uma Eva solitária e gastou tempo a olhar.







Passados dois dias, eu e a Jeanne, voltámos para ver a exposição "Imagens de um mundo flutuante", (a arte do ukiyo-e) e ouvir os ensaios do Ludovice Ensemble. 


 



Kasamatsu Shiro












LUDOVICE ENSEMBLE


Jeanne Waltz


 Eram 8 instrumentos e fiquei a saber que a Teorba é uma espécie de alaúde com um braço muito grande e que o Traverso e a Flauta Doce produzem sons diferentes dos seus similares nos dias de hoje. 

Sara



Ludovice Ensemble é um grupo especializado na interpretação de Música Antiga, sediado em Lisboa, e criado em 2004 por Fernando Miguel Jalôto e Joana Amorim, com o objectivo de divulgar o repertório de câmara vocal e instrumental dos séculos XVII e XVIII através de interpretações historicamente informadas, usando instrumentos antigos. O nome do grupo homenageia o arquitecto e ourives alemão Johann Friedrich Ludwig (1673-1752) conhecido em Portugal como Ludovice. 
Para saber mais e ouvir, aqui.


Enviar um comentário